Maragogi sedia Diálogo Municipalista 2017

A Confederação Nacional de Municípios (CNM), em parceria com a Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), realizou nesta segunda-feira (02), no auditório do Hotel Salinas, em Maragogi, a primeira etapa do Diálogo Municipalista 2017 – V Edição. O evento contou com a presença de mais de 250 pessoas, incluindo prefeitos, vice-prefeitos, secretários municipais, vereadores e do Governador de Alagoas, Renan Filho, e do Ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Augusto Nardes.

O objetivo do encontro foi discutir práticas para uma gestão de qualidade dos municípios do Brasil, trazendo aos gestores soluções de governabilidade para ser empregada no dia a dia de cada governo. Nos debates, ressaltou-se a importância de incentivar a redução de gastos excessivos para que a boa administração seja feita, fortalecendo a luta pela economia e desenvolvimento.

No decorrer do dia, foram abordados temas como: Obrigações constitucionais do município, organização administrativa, economia de recursos, além de educação e otimização dos serviços oferecidos à população.

O Ministro do Tribunal de Contas da União, Augusto Nardes, falou sobre Maragogi, enaltecendo suas belezas naturais e afirmou que a cidade alagoana possui potencial grandioso para receber turistas do mundo inteiro, comparando a cidade do litoral norte a Gramado, no Rio Grande do Sul, outro polo turístico de referência nacional.

O governador do Estado de Alagoas, Renan Filho, concordou com a afirmação do ministro e lembrou que Maragogi é um dos destinos que mais recebe turistas na região. A cidade fica próxima da linha que divide Alagoas e Pernambuco, sendo acessada por vias terrestre ou marítima.

Os caminhos mais utilizados são as rodovias, quer saindo de Maceió, capital de Alagoas, ou Recife, capital pernambucana. “Pretendo duplicar a AL 101 Norte e melhorar o acesso. Temos uma faixa litorânea de aproximadamente 200 quilômetros, uma das mais visitadas do Brasil. Nós temos aqui, Barra Grande, e tantas outras, e no Estado vizinho, Pernambuco, temos Tamandaré, Praia dos Carneiros e muitas outras”, exemplificou o governador.

O prefeito e anfitrião, Fernando Sérgio Lira, agradeceu a presença das autoridades e demonstrou sua emoção em sediar o Diálogo Municipalista. Seu discurso revelou a angústia de milhares de gestores municipais que enfrentam problemas com a falta de recursos.

“O grande contentor dessa panela de pressão somos nós prefeitos. Existe uma violência de pacto federativo. Mais do que nunca ele tem que ser refeito”, destacou. Essas distorções foram relembradas durante a apresentação do secretário da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Eduardo Tabosa, que também apresentou brevemente o trabalho desenvolvido pela entidade.

Texto: Letícia Magalhães e Suênia Ramos